Bom dia! - sexta, 22 de novembro de 2019
Confira cobertura da Tradicional Semana Santa Notícias
22/04
às 10:58
2011
Confira cobertura da Tradicional Semana Santa
Semana Santa 2010

Cinco da manhã e algumas pessoas já descem o monte, depois de passarem parte da madrugada na adoração à imagem do Senhor morto, na igreja da Santa Cruz, última etapa de uma caminhada que para muitos é uma espécie de lazer e para outros penitência, em Monte Santo, cidade do sertão a 374 quilômetros de Salvador.

O casal Cosme e Maria faz o trajeto todos os anos. Desta vez, o pai desce com o filho Cauã nos braços. A criança com menos de dois anos ainda não tem condições de encarar o desafio com as próprias pernas. A fé do pai o leva a uma aparente contradição. “A gente se sente mais leve fazendo esse trajeto”, justifica.

Com o dia amanhecendo, a maioria ainda vai começar a enfrentar a subida, bastante íngreme em seu início, quando muitos falam em desistir. “Não pode nem parar um pouquinho?”, questiona uma mulher. “Senhor, como estou cansada”, outra faz coro. Um menino, embora demonstrando ainda estar cheio de energia, apela ao pai. “Compra uma água, senão eu vou morrer”.

Entretanto, Mariana Santos, aos seis anos, não faz drama. Tem pressa e nem quer parar para falar com a reportagem. Mesmo sem saber explicar bem o significado da peregrinação, demonstra apego à religião e diz que vai até o fim para rezar na igreja.

Os ensinamentos religiosos são passados pela madrinha Ana Andrade, professora das redes municipal e estadual, que demonstra orgulho da cultura local e sempre ensina aos alunos sobre a origem dos costumes religiosos. “Eu subo várias vezes no ano e não vou a lugar nenhum fora este fazer peregrinação. Nem a Aparecida (em São Paulo) nem a Bom Jesus da Lapa (na Bahia). Para quê, se tenho aqui na minha cidade?”, argumenta. Segunda ela, que mora na rua em que começa a escalada do monte, não há um dia sequer em que pelo menos uma pessoa não suba.

Quando as condições não permitem ir até o topo, os devotos fazem pelo menos uma parte do caminho, até uma das 24 capelas e pequenas igrejas no trajeto. Laura Maria de Jesus, 67 anos, sobe descalça. Diz que muitas vezes já foi até o fim, mas atualmente a saúde não permite. “Sempre fui muito devota e todos os meus filhos e netos seguem o mesmo caminho. Alguns estão aqui, outros em São Paulo, e lá eles vão para Aparecida”, garante.

Toda encurvada pela idade e pelo esforço, Maria Benigna de Oliveira, 78 anos, sobe se apoiando nas pedras a cada passo. “Vim a Monte Santo poucas vezes. Mas estou aqui hoje. Se não subir não adianta ter vindo”, diz resignada.

A seriedade com que a anciã encara o desafio contrasta com a descontração de muitos para quem tudo não passa de um momento de distração, como um rapaz que cantarola o sucesso “Todo enfiado”, do pagode explícito. Entre os mais velhos, vez por outra ouvem-se queixas sobre a falta de solenidade dos dias atuais.

Porém nem todos os jovens estão ali só para curtir uma caminhada com um grupo de amigos. Uma adolescente de 16 anos, cujo nome será omitido, confessa que fez uma promessa que considera crucial. “É para os meus pais pararem de beber”, revela esperançosa.

Às sete da manhã, as imagens descem o monte, deixando a igreja da Santa Cruz para retornar à Matriz, onde o povo lamenta, reza e toca o corpo de Jesus esculpido em madeira, como se participasse do velório de um ente querido que acabou de falecer.

Mesmo sem as imagens de Jesus e Nossa Senhora da Soledade no alto do monte, as pessoas continuam a subir e descer em busca de graças ou perdão para os pecados, durante todo o dia e até o domingo, quando se encerram as celebrações da Semana Santa.

A subida do monte começou ainda no século XVIII, em 1775, quando o frei capuchinho Apolônio de Toddi, ao conhecer o local, achou que era semelhante ao monte Calvário, onde Jesus foi crucificado em Jerusalém. 

O caminho foi então gradualmente construído e anualmente, além dos rituais idênticos aos que ocorrem na Semana Santa mundo afora, os moradores de Monte Santo e peregrinos que vêm da região realizam a via-crucis carregando as imagens de Jesus, Nossa Senhora da Soledade e São João Evangelista.

Equipe: MonteSanto.net
Leia Também:
AUTO POSTO BG
AVENIDA JOÃO CORDEIRO SAÍDA PEDRA VERMELHA
Tel
MONTE SANTO EVENTOS
Tel (75)99111-6222
DAN EVENTOS
COBERTURA DE FESTAS
MONTE SANTO
Tel 7591116222
AUTO POSTO PÉ DE SERRA
ABERTO 24 HORAS
SAIDA PARA EUCLIDES DA CUNHA PRÓXIMO AO CONTORNO
Tel
Emy's Presentes
Você Em Primeiro Lugar
Av : Luiz Eduardo Magalhães Nº 77 centro
Tel (75)32751653
DANIEL DANTAS FOTOGRAFO
UM OLHAR UM CLICK UM REGISTRO PRA TODA VIDA
MONTE SANTO BA
Tel 75 991116222
DANIEL DANTAS FOTOGRAFO
Dellano Moto Peças
O Seu Caminho Seguro
Rua Coronel Caldas S/n
Tel (75)32751731
Dellano Moto Peças
BAR DO EDMUNDO
MELHOR POINT DA CIDADE
RUA FERNANDES DE ALMEIDA ALTO DO SÃO FRANCISCO MONTE SANTO -BA
Tel (75) 9161-0938
UNINTER
O FUTURO A GENTE FA AGORA
RUA DEMOSTENES BARRETO COLÉGIO EMERENCIANO
Tel (75) 3275-1437/(74)99335-5517
J.P.V Material De Construção
O Point De Sua Construção
Avenida Walter Caldas
Tel
J.P.V Material De Construção
R.A AUTO PEÇAS
Av Walter Caldas n644 centro Monte Sannto
Tel 3275-1069
PIZZARIA PEPPERONI
RUA ANTÔNIO PINHEIRO
Tel (75) 99152-7797 / (75) 98120-5094 / (75) 99232-631
R.M GRVAÇÕES
WWW.RMSOM.COM - O site da Galera
ramonmourapv@hotmail.com
Tel (75) 9948-2861
R.M GRVAÇÕES
NOBRE
MÓVEIS E ELETRO COM CRÉDITO FACIL
AV. LUIZ EDUARDO MAGALHÃES
Tel

Warning: mysql_fetch_assoc(): supplied argument is not a valid MySQL result resource in /home/storage/f/24/77/montesanto1/public_html/index.php on line 221
Tel