Chuva desaloja 13,8 mil pessoas em 53 municípios da Bahia

Por: Redação 1
07, dez. de 2022 às 01:04
Siga-nos no Google News
Chuva desaloja 13,8 mil pessoas em 53 municípios da Bahia

A Bahia foi o estado mais prejudicado pelas chuvas nesta terça-feira (6). Segundo o balanço mais recente do governo estadual, 13.806 pessoas estão desalojadas e 552 desabrigadas em 53 municípios, dos quais 31 estão em situação de emergência.

Ontem (5), um idoso de 71 anos morreu em Itapicuru, no sul do estado, ao tentar atravessar um riacho. A vítima foi levada pela correnteza. Segundo o governo estadual, as enchentes afetaram, direta ou indiretamente, 78.365 pessoas.

Mais dois estados estão com alertas ativados. No Espírito Santo, a Defesa Civil emitiu avisos de risco moderado de deslizamentos de terra em sete municípios: Cariacica, Fundão, Viana, Ibiraçu, João Neiva, Aracruz e Rio Bananal.

No Paraná, os municípios de Araucária, Balsa Nova (ambos na região metropolitana de Curitiba), Contenda e Mandirituba estão em alerta vermelho para chuvas. Mais seis regiões do estado estão em alerta amarelo: duas ao norte; duas ao sul; uma próxima ao litoral; e outra no litoral, que inclui Paranaguá e Guaratuba, onde um deslizamento de terra na rodovia BR 376  matou duas pessoas na semana passada.

No Rio de Janeiro e em Santa Catarina, as chuvas deram uma trégua nesta terça, mas os dois estados lidam com as consequências das enchentes. No Rio, a situação mais grave permanece em Macaé, no litoral norte, onde a prefeitura atende a 160 desabrigados, mas nesta noite nenhum município está com alertas ativos para chuvas.

Em Santa Catarina, o dia foi marcado pela alternância entre chuvas de baixa intensidade e momentos de sol. Nenhum município estava com alertas nem com avisos meteorológicos. Uma reunião entre representantes do Ministério do Desenvolvimento Regional e de 34 prefeituras afetadas pelas chuvas desde a semana passada foi realizada. O encontro teve como objetivo discutir medidas para acelerar o repasse de ajuda federal aos municípios.

Em São Paulo, a Defesa Civil está monitorando riscos de enchentes em três pontos do estado nesta noite. Os alertas incluem a capital e a região metropolitana, as regiões de Itapeva e Itaberá e de Araçatuba, Guararapes e Birigui.

Nesta segunda-feira (5), foi registrada a primeira morte por causa das chuvas na Bahia. A vítima é um idoso de 71 anos que tentava atravessar um riacho e foi levado pela correnteza. O caso aconteceu em Itapicuru, no sul do estado.

De acordo com informações do Governo da Bahia, o riacho estava com o nível de água elevado por causa do temporal que atinge a região sul desde o mês de novembro.

Municípios afetados

Até essa segunda (5), 51 municípios foram afetados pelas chuvas. Desse total, 21 estão com decreto de situação de emergência. São eles: Baixa Grande, Cachoeira, Cardeal da Silva, Cícero Dantas, Eunápolis, Ibicuí, Itabuna, Itambé, Itapé, Nova Viçosa, Olindina, Prado, Ribeira do Pombal, Santa Cruz Cabrália, Teodoro Sampaio, Vereda, Aiquara, Itapicuru, Medeiros Neto, Inhambupe e Itororó.

Na lista dos municípios afetados estão: Baixa Grande, Cachoeira, Cardeal da Silva, Cícero Dantas, Eunápolis, Ibicuí, Itabuna, Itambé, Itapé, Nova Viçosa, Olindina, Prado, Ribeira do Pombal, Santa Cruz Cabrália, Teodoro Sampaio, Vereda, Aiquara, Caravelas, Floresta Azul, Ibotirama, Itamaraju, Marcionílio Souza, Medeiros Neto, Wenceslau Guimarães, Catu, Ibicaraí, Itanhém, Itapicuru, Alcobaça, Aurelino Leal, Belo Campo, Cipó, Dário Meira, Gandú, Guaratinga, Inhambupe, Ipiaú, Itapetinga, Itarantim, Itororó, Jitaúna, Juazeiro, Jucuruçu, Maragojipe, Pau Brasil, Santo Antônio de Jesus, São Félix, Sátiro Dias, Itajuípe, Ilhéus e Teixeira de Freitas.




Siga o MonteSanto.net no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão
O que estão dizendo

Deixe sua opinião!

Assine agora e comente nesta matéria com benefícos exclusivos.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar nesta matéria!

Carregar mais
Carregando...

Carregando...

Veja Também
Gás de cozinha sofre primeiro reajuste do ano na Bahia com aumento de 8,2%

Reajuste passa a valer a partir de quarta-feira (1º) e botijão deve fica até R$ 7 mais caro.

Carregando..