Carro capota e cai em cratera aberta pelas fortes chuvas em novo trecho da BA-220 em Monte Santo

Três trechos da Ba-220 conhecida como Pista das Areais que ficam entre os povoados de Lagoa das Pedras e Caldeirão de Areia foram levados pelas fortes correntezas, apesar de liberado no ano passado, a obra que custou mais de 34 milhões ainda não foi inagurado oficialmente.

Por: Redação 1
28, jan. de 2024 às 15:37 • Atualz. 29, jan. de 2024 às 03:12
Siga-nos no Google News
Carro capota e cai em cratera aberta pelas fortes chuvas em novo trecho da BA-220 em Monte Santo

Na manhã deste domingo (28/01), ocorreu um acidente no trecho recém asfaltado de estrada que liga a BA-220 ao Povoado Lagoa das Pedras (na chamada Região das Areias). Como é comum nessa época de trovoadas, as fortes chuvas que caíram na madrugada, somadas às que já aconteceram durante a semana fizeram parte da estrada, sobre alguns bueiros que não comportaram o volume de águas pluviais, ceder e abrir uma grande cratera e por isso, por volta das 05h de hoje um veiculo conduzido pelo motorista Arilton de Jesus Leal conhecido por “Ari Goleiro” natural de Cansanção, residente atualmente no Povoado Lagoa das Pedras, ao passar pelo local, teve o seu veículo engolido pela cratera, como se vê das fotos. Felizmente o condutor conseguiu sair sem ferimentos graves, como informou sua esposa em vídeo mas o veículo deu PT ( Perca Total ).

   

A Pista da Região das Areais foi construída recentemente e liberada no final do ano passado, em meados de novembro de 2023, porém ainda não foi inaugurada oficialmente. Possivelmente o evento seria realizado durante o período eleitoral.

Três trechos foram totalmente destruídos. O trecho entre Lagoa de Cima e Lagoa do Meio foi onde ocorreu o acidente envolvendo o veículo do Sr. Ari e o trecho entre Lagoa das Pedras e Caldeirão de Areia que também cedeu ficou totalmente alagado.




A construção da Rodovia começou em 2023 e segundo publicação da própria prefeitura o investimento do Governo do Estado na obra foi de mais de 34 Milhões de Reais, especialistas criticam que não foi observado o fluxo de água durante as chuvas de verão e que nos locais que cederam deveriam ter sido construída pontes ao invés da instalação de manilhas, que não suportam a força da correnteza e em consequência destruíram parte da pista. 

   

Mesmo diante a gravidade do acidente todos os ocupantes do veículo tiveram apenas alguns ferimentos leves, mas conseguiram sobreviver ao sair a tempo da água tomar todo o veículo. A pista já foi interditada, o que tornou todos os Povoados que necessitam da pista ilhados até que se construa a ponte ou um desvio no local.

Confira o vídeo no nosso instagram



Fonte: MonteSanto.net



Siga o MonteSanto.net no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão
O que estão dizendo

Deixe sua opinião!

Assine agora e comente nesta matéria com benefícos exclusivos.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar nesta matéria!

Carregar mais
Carregando...

Carregando...

Carregando..